segunda-feira, 25 de julho de 2011

Como ser feliz e bem-aventurado (post3) Andando no caminho reto


Como ser feliz e bem-aventurado (post3) Andando no caminho reto



Salmos 1:1-2
1 - BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
2 - Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

Trecho em destaque: “BEM-AVENTURADO o homem que não... se detém no caminho dos pecadores” (V.1).

O segundo segredo que o salmista nos ensina para sermos verdadeiramente felizes é não nos determos, ou seja, não perdermos tempo, não nos embaraçarmos com o caminho dos pecadores.
Esse caminho não nos pertence, nós temos o nosso próprio caminho, “a vereda dos justos”, é por este que nós devemos seguir. E devemos seguir por ele exatamente como a palavra de Deus nos manda, ouça o conselho do escritor aos Hebreus: “...deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé...” (Hebreus 12:1-2)
O pecado é uma bagagem que não podemos levar por este caminho que nos está proposto, só depois de deposita-lo aos pés da cruz é que poderemos seguir por ele.
É igualmente também impossível, seguir por ele com os olhos fitos em qualquer outra coisa, que não seja o nosso salvador, o Senhor Jesus Cristo.
Você não se lembra de Pedro andando por sobre as aguas?
Quando desviou os olhos do Senhor começou a ser engolido pela tempestade. É isso que acontece com todos os que tiram os olhos dele.
Precisamos renunciar o caminho do pecado e trilhar sempre o caminho que é reto aos olhos de Deus. Pois quem são os que Deus procura para estar com ele? A estes que trilham esse caminho.
Os meus olhos estarão sobre os fiéis da terra, para que se assentem comigo; o que anda num caminho reto, esse me servirá.” (Salmos 101:6).
Existe uma historia de um jovem que sempre fez questão de andar no caminho reto, certa vez lhe ofereceram os manjares de um rei ímpio que eram consagrados aos ídolos vãos, ele recusou porque tinha proposto em seu coração não se contaminar; noutra ocasião tentaram lhe obrigar a parar de falar com seu Deus e lançar suplicas apenas a outro dominador infiel, ele preferiu antes obedecer a Deus do que aos homens.
Por causa de sua fidelidade, Deus o livrou de todos os perigos, inclusive de uma cova cheia de leões. E no final dos seus dias o Senhor lhe dirigiu uma promessa, que até então, homem nenhum havia ouvido: “Tu, porém, vai até ao fim; porque descansarás, e no fim dos dias te levantarás para receber a tua herança.” (Daniel 12:13).
Aos que perseveram em andar num caminho reto, Deus os fará habitar com ele em sua glória, por toda a eternidade.
Por que tantos insistem em trilhar caminhos tortuosos?
Por que é a minoria que deseja andar no caminho reto do Senhor?
Na verdade, a maioria entra pelo caminho errado porque não sabem que é o caminho errado. Porque os caminhos errados tem uma aparência de caminho bom.
“Há um caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte.” (Provérbios 16:25).
A maior diferença entre o caminho certo e o caminho errado é o destino a que eles levam.
Quem nunca ouviu alguém dizer:
- Eu ia para tal lugar e acabei parando noutro. Mas também, a estrada parecia idêntica.
E você? Esta bem ciente dos destinos para os quais seus caminhos o estão levando?
O caminho dos justos esta continuamente sob os olhos do Senhor.
“Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos” (Salmos 1:6)
No caminho dos justos há constante aperfeiçoamento.
“Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.” (Provérbios 4:18).
Já o caminho dos ímpios não terminará bem.
“porém o caminho dos ímpios perecerá.” (Salmos 1:6).

Escolhendo a vereda dos justos para que o meu caminho seja sempre conhecido pelo Senhor, assim serei feliz.

Um comentário:

  1. olá, apz.

    vc não tem GFC para seguir?

    obg por seguir meu blog.

    abs, apz.

    ResponderExcluir