domingo, 30 de outubro de 2011

O que Deus pede de nós? (post 2) que temas o SENHOR teu Deus

O que Deus pede de nós? (post 2) que temas o SENHOR teu Deus

 “Agora, pois, ó Israel, que é que o SENHOR teu Deus pede de ti, senão que temas o SENHOR teu Deus, que andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao SENHOR teu Deus com todo o teu coração e com toda a tua alma,
Que guardes os mandamentos do SENHOR, e os seus estatutos, que hoje te ordeno, para o teu bem?”. (Deuteronômio 10:12-13)

Moisés relaciona neste texto algumas coisas que Deus pede de nós, e a primeira delas é: “que temas o SENHOR teu Deus”. Mas o que significa temê-lo? Temer a Deus significa tão somente reconhece-lo como sublime Senhor do Universo e dar-lhe a glória devida ao seu nome.
Temer a Deus não tem qualquer relação com sentir medo dele. Mesmo porque o Senhor é tremendamente benigno com aquele que o teme, e ao mesmo tempo um fogo devorador para o que insiste em não fazê-lo.
Temer a Deus por se sentir medo dele é algo impossível de se acontecer, pois o temor a ele não é um mero resultado de uma circunstância, o temor do Senhor esta ligado diretamente ao nosso coração:
“Ensina-me, SENHOR, o teu caminho, e andarei na tua verdade; une o meu coração ao temor do teu nome.” (Salmos 86:11).
   Nesta oração, o Espirito Santo levou o salmista a nos ensinar que a atitude de temer a Deus é o fruto de um estado do nosso coração. Só é capaz de temer ao Senhor aquele que tem um interior transformado, um coração disposto a servi-lo.
O temor a Deus só será uma realidade, na vida daquele que estiver disposto a experimentar aquilo que cantamos naquele tradicional corinho:
“Renova-me Senhor Jesus, já não quero ser igual
Renova-me Senhor Jesus, põe em mim teu coração.

Porque tudo que há dentro de mim necessita ser mudado Senhor
Porque tudo que há dentro do meu coração necessita mais de ti.”

Com o interior renovado, e com um coração que é segundo o coração do Pai, poderemos temê-lo de verdade!
É urgente que todo ser humano prepare o seu coração para temer ao Senhor, pois isto é o único verdadeiro dever de todos nós: “...Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem.” (Eclesiastes 12:13)
Agora a razão pela qual temos o dever de Temer a Deus é bem simples, para alcançarmos aquilo que todos também desejamos: a tão sonhada felicidade!
Porque a bíblia chama de bem-aventurado, ou seja, de feliz, aquele que pratica o temor ao supremo criador:
“BEM-AVENTURADO aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos.” (Salmos 128:1)
A promessa do Senhor para aquele que o teme, é de uma vida como ele sonha para os seus filhos, uma vida bem sucedida e feliz no trabalho, e principalmente, com uma família feliz a sua volta:
“Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.
A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa.
Eis que assim será abençoado o homem que teme ao SENHOR.” (Salmos 128:2-4)
É isto o que você também sonha pra si próprio?
Então é fácil de alcançar...
Basta temer o Deus do céu!
Jesus deixou bem claro que quem teme a este Deus, não precisa temer a mais ninguém: “E digo-vos, amigos meus: Não temais os que matam o corpo e, depois, não têm mais que fazer.
Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei.” (Lucas 12:4-5)
A bíblia nos garante que se Deus for por nós, ninguém poderá se levantar contra nós; se ele agir em nossas vidas, ninguém poderá impedir os seus propósitos; a porta que ele fecha ninguém é capaz de abrir, e a porta que ele abre homem algum pode fechar.

Preparando o meu coração para, em todo o tempo, temer o meu Senhor, assim serei feliz!

2 comentários:

  1. Deus é Maravilhoso, a verdadeira sabedoria é temer a Ele, que a minha vida esteja sempre no temor do Senhor!
    Amém.

    http://worshiperofchrist.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amém prezada irmã!
    Na sua vida, na minha, e na de todos aqueles que amam o nosso Deus!
    Muito obrigado pela atenção!

    ResponderExcluir