domingo, 15 de janeiro de 2012

O justo viverá da fé


O justo viverá da fé
“Mas o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.
Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma.” (Hebreus 10:38-39)

Em meio a importantes lições espirituais, que o Espirito Santo inspirava o escritor aos Hebreus a escrever, de repente, o próprio Deus toma a boca do seu servo para nos dizer como ele deseja que seus justos vivam. No verso 37 quem fala é o autor sagrado, no 39 também, mas no 38 o próprio Deus declara: “o justo viverá da fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele”.
A fé é o elemento indispensável na vida do servo de Deus, dela depende a própria salvação: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé...” (Efésios 2:8). A fé é a mola propulsora que nos impede de recuar, de voltar as velhas praticas, de nos afastar da vontade do nosso Deus, e assim a alma dele continua tendo prazer em nós. É por isto que também está escrito que “sem fé é impossível agradar-lhe” (Hebreus 11:6)
Mas o que é realmente a fé? A bíblia a define da seguinte maneira: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.” (Hebreus 11:1). Ou seja, ela é a certeza da existência de um mundo espiritual e da existência de um Deus que tudo governa, bem como, a certeza das coisas que ele prometeu àqueles que nele creem.
Diferentemente do que afirma os ateus e agnósticos a fé não é irracional e muito menos isenta de evidências, pelo contrario, ela é sem dúvida a melhor explicação para tudo quanto existe e para a existência da raça humana: “Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.” (Hebreus 11:3)
Toda criação de Deus se constitui em prova irrefutável de sua existência, bem como atua como uma pregação muda que, constantemente, anuncia a sua glória e o seu poder:
“Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite.
Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz.” (Salmos 19:1-3)
A fé é o único elemento capaz de levar o homem a renunciar os prazeres passageiros da carne, a fim de praticar a vontade de Deus pelo desejo de alcançar dele recompensas maiores:
“Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó,
Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado;
Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa.” (Hebreus 11:24-26)
Mas como é possível obter fé?
A maneira pela qual podemos adquirir a verdadeira fé é a prova final de que esta jamais poderá ser irracional. A verdadeira fé se adquire através do conhecimento, do conhecimento da santa palavra de Deus: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Romanos 10:17)
Quando falta a verdadeira fé o homem regride para a perdição, os que não creem serão condenados, mas os que creem conservam as suas almas. O escritor sagrado diz que nós pertencemos a estes e não aqueles.

Vivendo através da fé, seguindo em frente e jamais recuando para que o meu Deus encontre prazer em mim e eu possa estar sempre entre os que conservam suas almas nele.
Sidone Gouveia

6 comentários:

  1. Amém!!! Irmão, a Paz do Senhor Jesus!!! Muito obrigado por essa síntese sobre esta palavra de fé. Compartilhar da boa palavra é também um ato de fé e dou glórias a Deus pq vc fez isso, muito me serviu este texto. Fique com Deus e A PAz do Senhor!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo seu incentivo querido irmão! Deus continue lhe abençoando grandemente!

      Excluir
  2. Boa tarde,

    Baseado em Hebreus 10:38, uma pessoa que se desviou varias vezes e voltou ao caminho do senhor como fica? perdeu o chamado? Deus ainda o ama? tem Salvação ainda?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza o Senhor é capaz de nos perdoar quando nos arrependemos de todo o coração, por outro lado a prática recorrente do pecado pode nos levar a apostasia e nos distanciar definitivamente de Deus, haja visto que nos tornamos insensiveis a voz do Espirito Santo! Deus abençoe!

      Excluir
    2. como sabemos que não há mais nada entre uma pessoa e Deus?

      Excluir
    3. Acredito que isto só Deus sabe! No entanto, os frutos que cada um produz são um bom indicador de qual rumo esta pessoa esta tomando. Ou seja, em direção a Deus ou em direção a perdição eterna!

      Excluir