quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Vencendo a tentação (esboço de pregação)

Vencendo a tentação (esboço de pregação)

Tipo de sermão: textual (Veja também: Tipos de Sermões)
Texto base: (Tiago 1:13-18) 

Introdução: A tentação é uma realidade diária para todo cristão que vive ainda neste mundo. Neste texto Tiago, pelo Espirito, nos traz informações vitais para triunfarmos dia após dia sobre a tentação e assim não permitirmos que ela nos leve ao pecado.
Temos aqui três lições principais sobre a tentação:

 1. A tentação começa dentro de nós mesmos: "Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência," (v.14).

- Jesus ensinou que o pecado nasce no coração do homem (Mateus 15:19) Por isso somos chamados a guardar o nosso coração (Provérbios 4.23).
- Uma vez iniciado dentro de nós o processo da tentação, o agente externo que anda continuamente ao nosso derredor (1 Pedro 5.8), que tem como propósito roubar, matar e destruir (João 10.10) começa também a trabalhar (Mateus 4.3-11).
- Precisamos então ser prudentes (Mateus 10.16) Precisamos tampar as brechas, fortalecer os pontos fracos. Todo crente tem seus pontos fracos. O de Abraão era a mentira, o de Pedro era o temperamento, o de Sansão era os relacionamentos. E o nosso, qual é?

2. A tentação é um processo que culmina no pecado: "Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.” (v.14,15).

- O pecado não acontece de repente, ele se desenvolve por um processo que se inicia com a tentação. Se nós interrompemos este processo na fase inicial o pecado não se consuma. Uma vez tentados temos a opção de agir como agiram Adão e Eva no Éden, Davi no caso de Bate-Seba ou agir como José na casa de Potifar.
- Deus é fiel em não permitir que sejamos tentados além das nossas forças (1 Coríntios 10.13).
- Quando o processo da tentação não é interrompido o pecado é inevitável. Quando o pecado não é resistido a consequência é a morte espiritual (Romanos 6.23). 

3. O segredo para vencer a tentação é não se deixar enganar: "Não erreis, meus amados irmãos.” (v.16). outra versão diz: “Não vos enganeis”.

- O pior engano que o ser humano pode cometer é imaginar que o pecado não trará consequências (Gálatas 6.7-8).
- Precisamos aprender a reconhecer a nossa fraqueza (Mateus 26.41).
- Precisamos buscar forças no Senhor. E isso nós podemos fazer pela: oração (Mateus 6.13 a), e pela Palavra (Salmos 119.11).


Conclusão: A tentação é algo comum a todo ser humano, mas é bem-aventurado aquele que vence a tentação porque ele receberá do Senhor a coroa da vida, a coroa da vida que o Senhor tem prometido aos que o amam (Tiago 1:12).

Nenhum comentário:

Postar um comentário